Animes que Você Não Pode Perder! // Primeiras Impressões da Temporada


As pérolas da temporada


Roteiro

É preciso admitir: a nova temporada está bem fraca. Quase todas as estreias de maior destaque foram continuações, como a última temporada de Shingeki no Kyojin ou o novo arco de Kimetsu no Yaiba. Dentre os novos títulos, apenas Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru parece ter caído no gosto popular, e eu mesmo ando me divertindo bastante com o anime. Isso dito, ainda há algumas pérolas perdidas na temporada que bem mereciam um pouquinho mais de atenção.

Mas bom, é pra isso que eu estou aqui! Nesse vídeo, eu quero comentar um pouco de três estreias que me pareceram bastante promissoras e que não vi muita gente falando a respeito. Não querendo dizer que esses são os três melhores animes da temporada nem nada, só que são bons títulos que muito provavelmente passaram reto pelo seu radar. E claro, se você quiser adicionar a essa minha pequena lista, diga ai nos comentários que outras estreias mais pessoas deviam assistir.

E cortando essa breve introdução por aqui, vamos logo ao que interessa!

Slow Loop


Numa fria manhã de março, a pescaria da introvertida Hiyori é interrompida pela chegada da energética Koharu. E com a primeira salvando a segunda de tentar nadar no mar em pleno inverno, as duas acabam passando algum tempo juntas, descobrindo que têm mais em comum do que poderiam imaginar.

Acontece que Hiyori perdeu o pai há alguns anos, enquanto que Koharu havia perdido a mãe. E enquanto a Hiyori estava um pouco insegura com o fato de sua mãe estar para se casar novamente, Koharu havia acabado de se mudar para aquela cidade devido a seu pai estar para se casar pela segunda vez.

Se você já percebeu pra onde está indo essa história, saiba que mesmo as garotas não demoram a ligar os pontos. E assim começa a nova vida dessas duas irmãs, completa ainda com o início do ensino médio.

Slow Loop é um anime bem fácil de se recomendar a qualquer fã de slice of life moe, trazendo em si muitas das marcas do gênero. Uma comédia movida pelas interações de um grupo de garotas – no caso, um trio – unidas por um hobby em específico – no caso, a pesca. Mas eu não diria que o anime para por ai.

O fato das garotas se tornarem irmãs não é algo que vemos com frequência no gênero, e enquanto isso bem poderia ser só o maneirismo da vez, o anime parece sim interessado em explorar não só as especificidades dessa dinâmica, como também o fato de que ela só existe porque as duas perderam alguém importante em suas vidas.

Todo o primeiro episódio mostra muito bem como, por mais que a Hiyori tente ser receptiva a todas essas mudanças que acontecem em sua vida, ela ainda sente falta do seu pai, e não sabe bem como processar todos esses sentimentos.

Não entendam mal, o anime ainda é majoritariamente uma comédia, e uma muito boa, eu diria. Mas há também um tom agridoce que perpassa esses primeiros episódios, mostrando que a série parece disposta a explorar questões bem duras, como a perda e o como lidar com ela. 

E olha… Como fã do gênero, eu digo que seus melhores expoentes tendem justamente a ser aqueles títulos que escolhem caminhar na divisa entre a comédia e o drama. Aqueles que, em meio às piadas, trazem também momentos de reflexão e de introspecção.

E enquanto não dá ainda pra dizer se Slow Loop irá chegar no nível de algo como Yuru Camp ou, sei lá, Tamayura, acho que ele faz por merecer uma chance. E mesmo que você não costume gostar de moe, ainda recomendaria dar uma conferida ao menos no primeiro episódio.

Akebi-chan no Sailor-fuku


Olha, eu sei que ainda é janeiro e tudo mais, mas acho que já temos um fortíssimo candidato ao título de anime mais bonito do ano. Digo, olha pra isso! Essa iluminação. Essa riqueza de detalhes nos cenários. Essa fluidez de movimento que eu não posso mostrar aqui sem correr o risco de tomar strike.

Não seria nenhum exagero dizer que os valores de produção desse primeiro episódio de Akebi-chan no Seilor-fuku são comparáveis aos de um filme. E enquanto o segundo episódio deu uma ligeira diminuída nas coisas, esse ainda é o anime mais bonito dessa temporada.

Se essas imagens não te convencem a dar ao menos uma chance ao anime, eu não sei mais o que dizer.

Não, sério, eu não sei mais o que dizer.

Pra ser franco, esse anime é uma incógnita para mim. E se muito o recomendo pelo visual, preciso também admitir que a sua história ainda segue meio sem direção.

Digo, toda a trama do primeiro episódio é que a protagonista, Akebi Komichi, quer usar o tradicional uniforme escolar japonês de marinheiro. E nós terminamos o primeiro episódio com ela usando o tradicional uniforme escolar japonês de marinheiro. E eu esperava que o segundo episódio desse alguma outra direção pra história, mas… meio que não?

Parece que a história de Akebi-chan será sobre a protagonista conhecendo melhor suas colegas de sala, mas eu não consigo dizer nada além disso, e mesmo isso é mais um chute por eliminação do que uma efetiva sinopse.

Ok, eu sei que animes slice of life têm fama de serem “sobre nada”, mas a coisa nunca é tão simples assim. Simples que seja, há sempre algum foco, algum fio condutor que coloque a história em marcha. Desde algum hobby super específico em torno do qual o elenco principal se reúne, passando pelos desejos ou problemas pessoais das personagens, até algo tão vago quanto a atmosfera da obra, você quase sempre sai do primeiro episódio com alguma noção de pra onde essa história vai.

Mesmo assim, o anime é lindo. E apesar de ser uma recomendação um tanto quanto insegura de minha parte, ainda acho que vale a pena dar uma conferida. Só rezo pra que não tenhamos outra situação como a de Wonder Egg Priority. Porque sim: é o mesmo estúdio.

Sabikui Bisco


Ação é talvez o gênero mais bem representado nessa temporada, em boa parte graças às continuações já mencionadas. Por conta disso, eu sei que pode ser difícil convencer alguém a dar uma chance a ainda outro anime do tipo, mas aqui o meu argumento: caranguejo gigante perseguido por hipopótamos com metralhadoras.

A história de Sabikui Bisco se passa num futuro distópico em que a humanidade é afligida por uma doença incurável conhecida como “ferrugem”, em que manchas similares às de metal enferrujado começam a aparecer pelo corpo da pessoa. Ao mesmo tempo, a posse de cogumelos é ilegal, o que é irônico, considerando os rumores de um cogumelo capaz justamente de tratar a ferrugem.

Já tem algum tempo que eu não me interesso mais tanto assim por histórias de ação, talvez porque o puro espetáculo que elas trazem já não faça muito por mim. Então eu fui pra esse anime sem grandes expectativas, mas acabei me surpreendendo com o quanto eu gostei desses primeiros episódios.

Temos aqui um mundo criativo e muito bem realizado, além de apresentado à audiência de forma orgânica. Os personagens são cativantes e bem caracterizados, sobretudo em seus conflitos e objetivos. E claro, o anime está com ótimos valores de produção, com uma boa animação e excelente trilha sonora.

Ao que parece, a trama será sobre o terrorista Bisco e o médico Milo viajando pelo deserto em busca desse cogumelo milagroso, cada um almejando salvar a vida de alguém querido, ao mesmo tempo em que são perseguidos pela polícia e por milícias locais, devido à bastante compreensível fama do protagonista.

Uma das minhas estreias favoritas da temporada, é uma recomendação fácil para qualquer um.

Antes de terminarmos, queria deixar aqui uma menção honrosa a Sasaki to Miyano, o BL fofinho da temporada. Teria incluído ele na lista corrida, mas três entradas já vai me dar trabalho o bastante pra editar. Ainda assim, assistam ele também, é legal.

E claro, sintam-se à vontade para deixar ai nos comentários o que estão acompanhando nessa temporada. Não deixem de curtir e compartilhar o vídeo, caso tenham gostado. Venham conhecer também o Clube do Anime, podcast mensal que faço com o Fábio, lá do anime21. Sigam nas redes sociais, todos os links relevantes na descrição, e no mais: até uma próxima.

Nossas Redes Sociais:

● Facebook

● Twitter

● Instagram

Publicidade

2 comentários sobre “Animes que Você Não Pode Perder! // Primeiras Impressões da Temporada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s