Uma Breve Análise – Neon Genesis Evangelion: Uma História Otimista

Sim, é sério.

Shinseiki no Evangelion (ou Neon Genesis Evangelion), é facilmente uma das mais importantes franquias da animação japonesa. Gostemos ou não do anime enquanto obra, fato é que o seu impacto na mídia não pode ser subestimado. Infelizmente, o que também não pode ser subestimado é o quão horrivelmente mal compreendida a obra foi. Não é nenhum segredo que Hideaki Anno, diretor do anime, pretendia que o mesmo fosse uma forte crítica ao otaku recluso da época, mas a quantia de dakimakura da Ayanami Rey ainda hoje a venda mostra que a capacidade interpretativa dos otakus japoneses não está muito mais longe que a do brasileiro médio.

Mas meu cinismo de lado, sobre o que é Neon Genesis Evangelion? Para os poucos que talvez nunca tenham ouvido falar nesse anime, uma produção original do estúdio GAINAX de 1995, a história começa quando Ikari Shinji é chamado por seu pai, Gendou, para as instalações da NERV. O foco da agência é o combate aos Angels, misteriosos seres imensos que começaram a aparecer no Japão, e para ajudar nessa luta Shinji precisará pilotar o gigantesco robô conhecido como Evangelion (ou EVA, para encurtar).

Acontece que longe de ser uma trama inocente sobre salvar o mundo, o anime acaba por trabalhar muito mais a psique dos seus personagens e o quão horrivelmente perturbados são todos eles (menos o pinguim, aparentemente). Justamente por conta disso, a obra foi – e ainda é – bastante recebida como uma história altamente cínica e depressiva, mas eu não acho que tal descrição realmente a faz justiça. Deixo aqui o aviso de spoilers, e vamos então conversar porque eu vejo Neon Genesis Evangelion como uma história, essencialmente, otimista.

Continuar lendo

Lista – 5 Animes Aclamados que Eu Não Gosto

Evangelion // Lista 10/08/2016 // 1

Acho que depois de consumir uma dada quantia de obras em uma mídia, e de estar imerso nela em termos de procurar discutir e conhecer a opinião alheia a respeito de dadas obras dessa mídia, é meio que inevitável uma pessoa ter aquela meia duzia de obras na qual completamente discorda da opinião vigente, seja desgostando do que a maioria gosta, ou gostando do que a maioria não gosta. Bom, ao menos isso sempre permite alguns bons debate, assumindo que nenhum dos lados esteja a fim de sair ofendendo um ao outro [rs]. “O que seria do azul se todos gostassem só do amarelo”, é o que diz o ditado, afinal. Em todo caso, aqui abaixo estão 5 animes nos quais a minha opinião vai na contra-mão da maioria dos avaliadores. Não que eu diga que esses 5 são realmente animes ruins, é mais que eles simplesmente não funcionaram para mim.

Sobre os critérios, eu quero chamar atenção para o título: eu digo que os 5 animes abaixo são aclamados, não necessariamente populares. Não que também sejam absolutamente desconhecidos, mas só quero dizer que se você espera encontrar algum shounen infinito ou adaptação de light novel harém aqui, então você provavelmente vai se decepcionar. Estes são animes que foram geralmente bem recebidos por aqueles que os assistiram, e que normalmente parecem ter boas avaliações daqueles que se aventuraram a criticá-los e analisá-los. Eles não estão aqui em nenhuma ordem em particular, então não pensem que eu desgostei mais deste ou daquele só por conta da numeração. No mais, na seção de comentários sinta-se a vontade para discordar de mim ou para comentar que obras aclamadas que você não gosta. E sem mais delongas, vamos à listinha /o/

Continuar lendo