Informe – Sobre o meu processo criativo, os quadros do blog, e porque não ia ter um texto hoje

Durante o mês de outubro deste ano (2017), eu decidi começar a postar três vezes na semana. Nas segundas e sextas teriam textos regulares, ao passo que nas quartas teria o Café com Anime, com as discussões sobre Kino no Tabi: The Beautiful World -The Animated Series-. Pois bem, a decisão não veio do nada: eu estava com diversas ideias para todo tipo de texto, e acabei por perceber que se eu fosse publicar um por semana eu acabaria demorando demais para postar todos. O que normalmente não seria um problema, não fosse pelo fato de que muitos desses textos que eu queria escrever eram relacionados com os animes da temporada anterior.

Eu nunca faço uma análise ou uma review de uma obra não finalizada, justamente por isso o Café com Anime é um quadro tão excepcional aqui no blog. O motivo disso é bem simples: eu não me sinto confortável de avaliar criticamente pedaços de uma história. O que não significa que eu não vá já formando ideias conforme vou vendo os animes. Muito pelo contrário! E com o final da temporada, eu tinha diversas ideias que queria colocar em prática, não a toa outubro teve uma review de Sakura Quest, uma breve análise de Gamers e outra de Re:Creators.

Ao mesmo tempo, havia os novos quadros que eu queria colocar em marcha, o Antiguidades e os Resumos de Livros. Ponto é: eu estava com muito mais ideias do que costumo ter, muitas delas precisando ir ao ar logo antes que eu perdesse o timing, por assim dizer. Mas conforme eu já terminei de falar tudo o que eu tinha para falar da última temporada, a pergunta que ficou é: esse modelo de três postagens na semana é sustentável para mim? E bom, vamos dizer que eu não ter conseguido postar um texto na última segunda é um forte indício de que não. O que não significa que eu desisti!

Continuar lendo

Anúncios