[Vídeo] Uma Breve Indicação – Allison to Lillia

Já assistiu o novo vídeo lá do canal? Se não, venha conhecer o divertido anime Allison to Lillia, na mais nova indicação do canal. E se gostar, não se esqueça de curtir o vídeo e se inscrever: tem vídeo novo todo sábado! E se pr ventura você já conhece Allison to Lillia, não deixe de dar uma lida na review do anime aqui no blog.

Uma Breve Análise – Kaiba: Design Como Mensagem

Kaiba // Análise 07/08/2016 // 1
Kaiba

(Esta análise foi originalmente publicada na página do blog no facebook)

Kaiba, uma produção original de 2008 do estúdio Madhouse, certamente figura entre os animes com os designs mais únicos que eu já vi. Claramente inspirado no estilo cartoon americano, mas usando dele para construir uma história altamente provocativa e que instiga a reflexão, desde que eu vi a prévia do anime eu me perguntei qual o motivo de usar aquele traço.

Claro, a razão bem poderia ser “porque sim”. Não nego que nós, como espectadores, estamos um tanto quanto acostumados demais a um tipo bastante específico de design, e que qualquer artista pode – intencionalmente ou não – se desviar desse design “genérico” de “anime” sem precisar realmente dar qualquer satisfação. Isso dito, eu acho que existe alguma coisa por trás do caso de Kaiba.

No universo de Kaiba, as memórias de uma pessoa – e aparentemente mesmo a sua própria consciência – podem ser transferidas para um chip, que pode então ser passado de corpo a corpo. Essa é a própria premissa da série, que de certa forma já denuncia um ponto a ser levantado: a distinção entre o natural e o artificial.

Continuar lendo

Review – Allison to Lillia (Anime)

Allison to Lillia // Review 29/04/2016 // 1
Allison to Lillia

Allison to Lillia é um anime de 2008 produzido pelo estúdio Madhouse, contabilizando 26 episódios e com direção de Masayoshi Nishida. E o interessante a seu respeito é que ele é uma espécie de “dois em um”: enquanto a maioria dos animes adapta apenas uma fonte qualquer (mangá, novel, etc.), Allison to Lillia adapta duas séries de light novels escritas por Keiichi Sigsawa: Allison e Lillia to Treize. A escolha não é assim tão estranha, considerando que Lillia to Treize é uma continuação direta de Allison, acompanhando as aventuras da filha da personagem título da obra anterior. Ainda assim, isso deu ao anime essa curiosa característica de termos 13 episódios acompanhando um certo grupo de personagens em suas aventuras, e ai pelos 13 episódios seguintes nós temos o cast quase que inteiramente renovado com aparições esporádicas dos personagens da metade anterior. A sensação que temos é mesmo a de serem dois animes diferentes, apenas com um sendo a sequência do outro. Bom, não que isso seja um defeito em si mesmo, mas falemos mais disso durante a análise [rs].

Por agora, uma rápida sinopse: a história se passa num continente dividido pela guerra entre duas grandes nações, Roxche e Sous-Beil, com o motivo do conflito sendo que ambos os países alegam ser o verdadeiro berço da humanidade. Em Roxche, o estudante Wilhelm (ou apenas “Will”) recebe a visita de sua amiga de infância e atual piloto do exército do país, Allison, e quando os dois tomam conhecimento de um tesouro que poderia por fim a guerra entre as duas nações, é aqui que a história deles começa. Já a segunda metade do anime segue as aventuras de Lillia, filha de Allison, e seu amigo de infância Treize, mas falar mais do que isso seria spoiler. Ambas as metades seguem um esquema de arcos curtos, de mais ou menos 3 a 5 episódios, e num geral o anime pode ser resumido como uma obra imensamente leve, divertida, com personagens bastante carismáticos, uma animação competente e uma excelente trilha sonora. Quem não viu ainda, ele definitivamente vale a pena, sobretudo se você procura algo apenas para relaxar. No mais, spoilers adiante, siga por sua conta e risco.

Continuar lendo