Antiguidades – Momotaro Umi no Shinpei: O Primeiro Longa Metragem em Anime

Momotaro Umi no Shinpei

Foi em 12 de abril de 1945 que chegou aos cinemas japoneses Momotaro: Umi no Shinpei (Momorato: Sacred Sailors), que com 74 minutos de duração viria a se tornar o primeiro efetivo longa metragem japonês em animação. A bilheteria do filme, porém, não seria das melhores. Como nos conta o The Anime Encyclopedia, 3rd Revised Edition: A Century of Japanese Animation, nessa época as crianças já haviam sido evacuadas das cidades em direção às áreas rurais, ao passo que os adolescentes eram convocados para o trabalho nas fábricas. Estamos, afinal, em plena Segunda Guerra Mundial. A rendição alemã ainda levaria algumas semanas, ocorrendo em maio daquele ano, ao passo que a guerra em si só chegaria ao fim dali a cinco meses, em setembro de 1945.

A influência da guerra sobre o filme, porém, certamente não termina na sua bilheteria. Momotaro: Umi no Shinpei é o que se costuma chamar de um “filme propaganda”, e seu principal financiador foi ninguém menos que o Departamento de Informação da Marinha Imperial Japonesa. Nada de novo, é lógico. Arte propaganda foi e ainda é uma constante em qualquer guerra – e mesmo fora dela. Basta lembrar que foi em 1943, apenas dois anos antes, que a Disney lançou o curta Der Fuehrer’s Face, onde o Pato Donald vive uma terrível experiência como trabalhador do regime hitlerista, apenas para acordar e, ao se dar conta de que era apenas um pesadelo, agradecer a boa sorte de ser um cidadão americano. E esse curta ganhou um óscar.

Momotaro: Umi no Shinpei não foi o único anime propaganda que o Japão fez ao longo da Segunda Guerra, mas por seu tamanho fazê-lo um marco da animação japonesa ele acabou sendo o mais lembrado e o mais comentado. Sendo assim, vamos dar uma olhada nesse filme, dos seus antecedentes até o seu legado.

Continuar lendo