[Vídeo] Uma Breve Indicação – Mawaru Penguindrum

Mais novo vídeo do canal: uma rápida recomendação do anime Mawaru Penguindrum. Se você ainda não conhece o anime, venha dar uma olhada, e já aproveite também pra se inscrever no canal, caso ainda não o tenha feito. E se por acaso você já viu Mawaru Penguindrum, que tal dar uma lida na review dele aqui no blog?

Review – Mawaru Penguindrum (Anime)

Mawaru Penguindrum // Review 10/06/2016 1
Mawaru Penguindrum

O que você acha da palavra “destino”? Alguns a odeiam: se nossas vidas já estão pré-determinadas desde o momento em que nascemos, então qual o ponto em viver, afinal? Já outros a amam: encontros fortuitos que se convertem em amizade e amor, o que é isto se não o destino? Finalmente, existem também aqueles que sentem que essa palavras lhe trás algum conforto: se tudo ocorre por uma razão, então mesmo a dor e o sofrimento não são sem significado, não é? Takakura Himari já não tem muito tempo de vida. E num passeio com seus irmãos, Shouma e Kanba, ela morre. Porém, uma força misteriosa, vinda do outro lado do destino e falando através de um chapéu de pinguim, decide estender a vida da menina. Mas isso tem um preço: os irmãos devem agora encontrar ao penguindrum, ou a vida será mais uma vez tomada de Himari. Assim começa Mawaru Penguindrum, uma produção original do estúdio Brain’s Base, de 2011, com 24 episódios e dirigido por Kunihiko Ikura.

Dizer que este anime é uma experiência única ainda não transmitiria o que de fato é esta obra. Sob uma aparência inocente, com cores vibrantes e personagens bonitinhos, Mawaru Penguindrum explora ideias e conceitos bastante provocativos, mesmo traumáticos, dentre os quais a ideia de destino, o abandono infantil, e mesmo o terrorismo, tudo sob uma névoa de simbolismo e alegoria que o tornam talvez uma das obras mais complexas da animação japonesa. E claro, a história segue o mesmo caminho: “intrincada” é o mínimo que se pode dizer da mesma, contada de tal forma que nada nunca é o que parece, como que rimando, narrativamente, com o simbolismo visual do anime. É um anime que exige atenção do espectador, e muita. Isso dito, é uma obra fenomenal, mesmo que provavelmente não seja para todos. Mas dada essa introdução, spoilers a partir deste ponto. Se ainda não assistiu o anime, fica aqui a minha recomendação. E se já viu, ou se não se importa com spoilers, espero que tenha uma boa leitura. E vamos à review.

Continuar lendo

Lista – 10 Animes Recentes Que Merecem a Sua Atenção

Kyousougiga Lista 06 05 2016 1

Não é de hoje que aparecem pela internet listas de animes que “todo otaku deveria ver”, ou qualquer variante disso. Pessoalmente, eu sou bastante contra títulos nessa linha, que mais parecem querer criar uma série de regras de o que faz ou não alguém ser um otaku, mas já falei brevemente sobre essa ideia de “regrinhas” num texto passado, então já estou divagando… Não, na verdade eu tenho um outro problema com esse tipo de lista, e é esse problema que me levou a criar esta. A dizer: o fato de que a grande maioria destas listas, embora aparentemente direcionadas para aqueles que querem se aprofundar um pouco mais na mídia, costumam ser quase inteiramente compreendidas por animes populares. Não fazendo aqui qualquer juízo de valores sobre as obras em si, longe disso, mas se sua lista contem obras que qualquer um já entraria em contato só conversando por 5 minutos em qualquer círculo otaku, então qual o ponto da existência dela? Foi pensando nisso que eu decidi criar esta lista que agora você lê.

Para compor essa lista, eu decidi me focar em animes recentes não muito falados. Vamos clarificar essa frase. Em primeiro lugar, prestem atenção que eu digo animes não muito falados. Não foi minha intenção procurar animes desconhecidos e obscuros, ainda que um ou outro aqui certamente caia nisso. Antes, são apenas animes que não costumam ser muito discutidos. Talvez alguns deles você até já conheça de nome, apenas nunca parou para ver do que eles realmente se tratam. Em segundo lugar, por “recentes” eu me refiro a qualquer obra de 2010 até o presente (ainda que na prática a lista acabou ficando no intervalo de 2010 a 2013). Finalmente, é bom dar o meu aviso de sempre: isto é uma lista, não um top. De forma nenhuma quero dizer que estes são os melhores animes recentes que há, e mesmo a ordem deles na lista é puramente cronológica. São apenas 10 animes recentes que acredito que o leitor pode gostar. E feitos os avisos, vamos à lista.

Continuar lendo