[Vídeo] Indicação #22 – Santa Company


E Feliz Natal!


Roteiro:

É chegada a noite de natal, e os papais noéis da Santa Company partem para entregar os presentes das crianças mundo afora. Eis, porém, que chega uma cartinha atrasada à companhia, mas infelizmente já é tarde demais. O jeito vai ser arquivar.

Noel, no entanto, não aceita esse cenário. Aprendiz de duende, a garota decide entregar ela mesma esse presente, com a ajuda de seus amigos Mint, Bell e Thomas. Trenó pronto, os quatro partem então para a aventura, nesse que é um ótimo anime para se ver no natal.

Lançado em outubro de 2014 (sim, outubro), com uma duração de pouco menos de meia hora, Santa Company é um dos poucos animes natalinos já feitos. Sim, episódios de natal existem aos montes, mas animes originais focados nessa data são algo até que bastante raro, e em grande parte foi isso que me fez querer assistir esse filme em primeiro lugar. E devo dizer que saí bastante satisfeito com o que encontrei aqui.

Há algo de nostálgico em Santa Company. Ele me lembra bastante dos especiais de natal que eu assistia quando criança, e isso por vários motivos. A própria duração: meia hora é bem o esperado de algum especial para a TV. Mas também todo o conflito da Noel é bem típico desse tipo de história, tanto o ponto de não se conformar com uma criança ficando sem presente no natal como a discussão sobre o que significa ser um papai noel.

É uma história clichê, mas eu não digo isso como uma crítica. Especialmente nessa data o familiar parece mesmo a melhor opção, afinal.

Em termos de outras qualidades da obra, eu gosto bastante do elenco, tanto principal como secundário. É difícil chamar esses personagens de bem desenvolvidos, exatamente, mas eles ainda são carismáticos a seu modo, com alguns secundários até demonstrando considerável personalidade para o pouquíssimo tempo de tela em que aparecem.

O visual já é um pouco mais complicado de comentar. Santa Company não é feio, nem mal animado, mas ele está ligeiramente abaixo do que você costuma esperar de curtas com essa duração. Ele parece um episódio normal de anime para a TV, o que talvez seja explicado pelo fato de que o filme foi inteiro bancado por kikstarter – um dos raros casos do tipo.

A trilha sonora, por outro lado, é o que eu mais gostei aqui, tanto por ser muito bem empregada como por ser muito boa em si mesma.

Mas claro, nem só elogios eu tenho para esse filme, e acho que seu maior defeito é a sua duração. Enquanto eu aplaudo o quanto o filme conseguiu fazer em tão curto espaço de tempo, eu também sinto que é uma história ambiciosa demais para apenas meia hora, o que às vezes machuca o ritmo da obra. É um anime ligado no 220, tentando explorar coisas demais em tempo de menos.

Isso posto, o curta chegou a ganhar uma versão em longa-metragem em novembro deste ano, Santa Company: Christmas no Himitsu. Obviamente, eu não assisti ele ainda, mas dado que mais tempo é exatamente o que essa história precisava eu estou bastante animado para conferir esse filme… er, algum dia. Talvez até o natal do ano que vem, quem sabe.

O curta foi dirigido por Kenji Itoso, que aparentemente só ocupou a cadeira em produções nas quais o seu próprio estúdio, Kenji Studios, esteve envolvido. Já a animação, esta ficou a cargo do estúdio Nexos.

Se está sem o que fazer nessa data, dê a Santa Company uma chance. No mais, desejo a todos um feliz natal. E até uma próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s