Os 10 Animes de Destaque da Temporada de Inverno / 2019


Comentando a temporada que se encerra.


Listas de “melhores da temporada” são bastante comuns, mas eu, meio conscientemente, meio não, sempre evitei de fazê-las. Digo, não é como se eu tivesse assistido absolutamente tudo o que saiu em uma temporada para poder apontar os melhores, não é?

Dito isso, é meio óbvio que, dentre os que eu assisti, também tenho meus favoritos. Sendo assim, decidi por finalmente dar uma chance ao formato. Estes não são os melhores da temporada, exatamente, mas são os dez animes que eu mais gostei de acompanhar nesses últimos três meses.

Agora, para essa lista, eu optei por incluir todo e qualquer anime que tenha começado ou terminado nessa temporada, então não se surpreendam de ver aqui séries que começaram em outubro do ano passado e só concluíram agora. E sem mais delongas, vamos à lista /o/

 

10) Tensei Shitara Slime Datta Ken

Começando com os animes que seguiram em exibição desde a temporada passada, Tensei Slime concluiu a sua primeira temporada com um segundo cour que recebeu reações mistas. Uns adoraram, enquanto que outros já apontaram óbvias falhas nessa segunda metade do anime, como um ritmo bem mais apressado e uma visível queda na qualidade da animação.

Para quem não assistiu, Tensei Slime adapta a light novel homônima cuja premissa é a de um assalariado que, após uma morte trágica, reencarna em um mundo de fantasia como um slime, tendo com ele ainda uma das habilidades mais fortes possíveis. É a sua típica power fantasy, mas como todo clichê é a execução que conta. Tensei Slime tem um charme inegável, com uma boa comédia, personagens carismáticos, e outras tantas qualidades.

De minha parte, muito me diverti acompanhando as desventuras de Rimuru e companhia, e fico bastante feliz que já tenham anunciado uma segunda temporada. E não estou nem aí se o final foi só uma sequência de cenas reutilizadas: a insert song já fez valer o anime!

 

09) Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru

Comparado a Tensei Slime, eu diria que Kaze ga Tsuyoku seguiu meio que o caminho inverso. Eu gostei bastante da primeira metade do anime, até o mencionei na minha retrospectiva de 2018, mas esse segundo cour da obra superou toda e quaisquer expectativas minhas. Especialmente o arco final, onde temos a efetiva Hakone Ekiden

Uma rápida sinopse. Nessa adaptação do livro homônimo, acompanhamos os dez integrantes do clube de atletismo da universidade de Kansei, conforme treinam para eventualmente competir na corrida de revezamento Hakone Ekiden. É um elenco grande, mas o anime bem sabe como trabalhar esses personagens e suas relações, entregando uma experiência que agrada mesmo aqueles não muito fãs de histórias de esporte.

Esse arco final foi uma fantástica conclusão às histórias desses diferentes personagens, mesmo dando maior caracterização e desenvolvimento a alguns que ficaram um pouco apagados no restante da série. É um anime que merece muito mais atenção do que teve.

 

08) Mob Psycho 100 II

Acho que todos podemos concordar que a segunda temporada de Mob Psycho 100 foi campeã absoluta em termos de animação nessa temporada, né? Só por isso ela já mereceria o destaque que teve, mas eis que sua história também se provou uma fantástica continuação do que foi construído na temporada passada.

Para quem porventura ainda não conheça o título, Mob Psycho acompanha o dia a dia do garoto esper Mob, que, acompanhado de seu mestre (e falso esper) Reigen, precisa lidar com espíritos malignos e outros esper mal intencionados que abundam na sua cidade. Uma premissa simples, mas que se destaca pelas suas mensagens e pelo desenvolvimento de seus personagens. Especialmente, diga-se de passagem, nessa segunda temporada.

Se durante a primeira o Mob soava um tanto quanto passivo demais, essa segunda temporada nos trouxe um Mob que tenta ser mais ativo na própria vida, uma demonstração de que o autor do mangá sabe muito bem quando é hora de balançar um pouco o status quo de sua história. Um título absolutamente sensacional, fico agora no aguardo de uma terceira temporada!

 

07) Dororo

E aqui um título que muito provavelmente aparecerá nos destaques da próxima temporada. Dororo completou seu primeiro cour, e devo dizer que foi muito melhor do que eu poderia esperar!

Inspirado no mangá homônimo de Osamu Tezuka, o proverbial “deus do mangá”, e se passando durante o período dos estados guerreiros, Dororo conta a história de Hyakkimaru, um garoto cujo pai vendeu seu corpo a 12 demônios em troca da prosperidade do seu domínio. Agora, 16 anos depois, Hyakkimaru vaga pela região enfrentando esses demônios a fim de reaver seu corpo roubado, enquanto é acompanhado pela criança ladra Dororo.

É importante dizer que essa é uma versão modernizada e altamente modificada do mangá original de Tezuka, mas eu diria que praticamente todas as mudanças feitas aqui foram para a melhor. Um daqueles raros momentos onde a adaptação supera o original. E agora é ver o que o segundo cour dessa história nos trará.

 

06) Yakusoku no Neverland

Eu fui para Yakusoku no Neverland sabendo apenas que era um dos mangás recentes mais populares da Shounen JUMP. E vou avisar: se isso também é tudo o que você sabe, apenas vá e assista pelo menos o primeiro episódio.

Neverland é um desses casos onde mesmo a sinopse já acaba por dar um spoiler, motivo pelo qual eu mesmo vou evitar de fazer uma aqui. Mas para aqueles que precisam de um pouquinho mais de informação, o que temos aqui é uma trama fascinante que mescla suspense, mistério, e mesmo um pouquinho de horror, de forma a te manter sempre ansioso pelo que pode estar por vir. É o tipo de anime é inclusive ótimo para maratonar, então olha aí a oportunidade

Agora, essa primeira temporada adapta apenas ao primeiro arco do mangá, mas felizmente já foi anunciada uma próxima, para o ano que vem. Sendo um mangá da JUMP, imagino que vá seguir o formato Boku no Hero de uma temporada ao ano, e a isso eu digo: mal posso esperar pela próxima!

 

05) Boogiepop wa Warawanai

Boogiepop é outro desses títulos importantes e influentes no Japão, mas basicamente desconhecidos aqui no ocidente. A light novel original começou a ser publicada em 1998 e segue em lançamento ainda hoje, tendo inspirado diversos autores que vieram depois.

Nessa história, contada de forma não linear e através da perspectiva de múltiplos personagens, acompanhamos o titular Boogiepop, uma entidade que aparece na Terra sempre que o mundo está em perigo. Uma obra que caminha na linha entre a fantasia urbana e a ficção científica, o seu modo “quebra-cabeça” de contar suas múltiplas histórias é um que talvez seja difícil de acompanhar, mas que muito recompensa uma vez que chegamos ao final de cada arco.

De minha parte, eu adorei essa série, e adoraria que pudesse continuar. Fica dolorosamente óbvio que tivemos apenas um vislumbre desse universo, e realmente gostaria de ver mais. Mas ainda fico feliz com o que tivemos. Uma ótima pedida para quem curte histórias não lineares, e outro anime excelente para maratonar.

 

04) Endro~

Sabe quando você é o melhor só porque todos os outros desistiram de competir? Endro~ fica como o meu “cute girls” favorito dessa temporada, unicamente porque todos os demais foram um horror.

Bom, ok, acho que começar assim é passar a impressão errada da coisa. Endro~ não é ruim. Um slice of life de fantasia, onde acompanhamos as quatro garotas destinadas a enfrentar o Rei Demônio, é no mínimo uma variação interessante de seu gênero. As personagens são todas umas fofas, a atmosfera é leve, algumas boas piadas… É um anime legal, o bastante para que eu indique.

Ele só peca em alguns detalhes. Endro~ é um título que ao mesmo tempo quer ser o seu típico slice of life, só que em um mundo de fantasia, e que também quer ter uma narrativa maior de fundo, e eu não acho que ele soube conectar bem essas duas coisas. Mas bom, ainda foi melhor que seus pares da temporada, então fica aqui o reconhecimento.

 

03) Doukyonin wa Hiza, Tokidoki, Atama no Ue

Ok, eu assumo, só fui assistir esse anime porque adoro gatos. Mas ei, foi uma boa decisão. Sem dúvida um dos títulos mais relaxantes da temporada.

Baseado no mangá homônimo, em Doukyonin wa Hiza acompanhamos o dia a dia de um escritor antissocial que acaba por adotar uma gatinha de rua, e isso apenas porque ela lhe deu a ideia para seu próximo romance. Cada episódio conta um dia na vida dos dois, alternando entre a perspectiva dele e a dela, resultando em uma boa comédia, mas também em momentos genuinamente tocantes.

Sendo honesto, esse é o único anime dessa lista que eu ainda não terminei de assistir. Na verdade, eu meio que estou bem lá no começo ainda. Mas do que eu vi desses primeiros episódios já é mais do que o suficiente para que eu indique-o por aí.

 

02) Kaguya-sama wa Kokurasetai: Tensai-tachi no Renai Zunousen

Eu não costumo ser nenhum grande fã de comédias românticas. O tão comum cenário will they, won’t they raramente me desce. Ainda assim, eu diria que Kaguya-sama é um fortíssimo candidato ao meu anime favorito dessa temporada.

A história de dois jovens da elite, apaixonados, mas orgulhosos demais para confessar o seu amor um pelo outro, conseguiu me manter sorrindo do começo ao fim, e mesmo entregou não poucos momentos onde eu precisava pausar o episódio de tanto rir. Uma obra simples, cujo charme está em um elenco de personagens carismáticos, excelente direção, e um fantástico timing cômico.

Não há muito mais o que ser dito: se você procura uma boa comédia para alegrar o dia, Kaguya-sama é uma ótima pedida. E agora só me resta ficar torcendo por uma segunda temporada. Ao menos o título parece estar bastante popular no Japão, então tenhamos esperança!

 

01) Rinshi!! Ekoda-chan

E finalizando a lista, temos o anime mais injustamente ignorado dessa temporada. Adaptação do mangá homônimo, o que temos aqui é um título bem mais experimental.

Ekoda-chan conta dia a dia de Ekoda, uma mulher adulta que quando em casa gosta de passar o tempo pelada porque assim é menos roupa pra lavar. Um singelo slice of life que se distingue sobretudo pelo estilo de arte. Cada episódio teve o seu próprio diretor, que recebeu carta branca para reimaginar a personagem como bem entendesse, resultando em composições visuais bem diferentes das que estamos acostumados a ver nessa mídia.

Cada episódio dura apenas três minutos, e é seguido de uma entrevista de 23 minutos com o diretor da vez mais a dubladora da Ekoda. Foi de longe um dos melhores animes dessa temporada, e é uma pena que tenha passado praticamente em branco. Quem não viu, fica a recomendação.

Imagens (na ordem em que aparecem):

1 – Endro~, episódio 1

2 – Tensei Shitara Slime Datta Ken, episódio 23

3 – Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru, episódio 23

4 – Mob Pyscho 100 II, episódio 1

5 – Dororo, episódio 1

6 – Yakusoku no Neverland, episódio 1

7 – Boogiepop wa Warawanai, episódio 1

8 – Endro~, episódio 1

9 – Doukyonin wa Hiza, Tokidoki, Atama no Ue, episódio 1

10 – Kaguya-sama wa Kokurasetai: Tensai-tachi no Renai Zunousen, episódio 1

11 – Rinshi!! Ekoda-chan, episódio 1

Um comentário sobre “Os 10 Animes de Destaque da Temporada de Inverno / 2019

  1. Endro peca no aspecto mais básico da comédia, o time é hoerivel e repete muita piada, eu dropei pq a mina da catada chegou ao ponto de me deixar irritado toda vez que ela falava isso, não consegui tankar!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s