[Vídeo] Indicação – Shoujo Kageki Revue Starlight


Um Fantástico Espetáculo.


Roteiro:

Duas estrelas pairam no céu. Àquele que obtiver a estrela menor, será concedida uma pequena felicidade. Àquele que obtiver a estrela maior, será concedida enorme fortuna. Àquele que obtiver a ambas as estrelas, será concedido um desejo eterno.

Quando crianças, Karen e Hikari se encantaram com a peça Starlight, prometendo uma a outra um dia a encenarem juntas. Desde então, doze anos se passaram, e cada qual seguiu o seu caminho em direção a se tornar uma estrela: Hikari tendo ido para a Inglaterra, estudar numa das mais prestigiadas academias de teatro de lá, enquanto que Karen foi para a Academia Seisho, no Japão, uma academia de artes também bastante prestigiada.

Mas quando Hikari enfim retorna de sua longa estada no exterior, têm início na Academia Seisho uma misteriosa audição, onde as garotas escolhidas deverão enfrentar uma à outra a fim de obter a Tiara Celestial e o posto de Top Star: a mais brilhante estrela, cujo brilho jamais se apaga. Um sistema que Karen terá de desafiar se quiser manter sua promessa de se tornar uma estrela junto de sua velha amiga.

Shoujo Kageki Revue Starlight é um ambicioso projeto de media mix encabeçado pela companhia Bushiroad, compreendendo uma peça de teatro, um anime, três mangás, e um jogo mobile, além de diversos outros produtos. Mas não pensem que esse seu aspecto comercial de alguma forma diminui os méritos da produção do anime.

Revue Starlight é um verdadeiro espetáculo, um título cuja maior força repousa na sua capacidade de entregar um show de visuais, coreografia e música, além de uma estética única que não raras vezes beira ao surrealismo – algo que não deveria ser nenhuma surpresa, dado que o diretor do anime, Furukawa Tomohiro, aprendeu bastante com Kunihiko Ikuhara, diretor bastante conhecido pela sua estética bastante única.

Tematicamente falando, o anime pode ser lido tanto como uma homenagem quanto uma crítica ao teatro Takarazuka, famosa trupe exclusivamente feminina de onde o anime tira o seu conceito de “Top Star”. Mas para além disso, diversos outros temas também se fazem presentes, conforme cada garota do elenco precisa confrontar e superar os próprios medos e inseguranças.

Pequena trívia, o anime teve sérios problemas de produção desde o seu começo, com o diretor do estúdio chegando mesmo a afirmar que não sabia se iam conseguir terminar o anime a tempo. Apesar disso, é notório que você mal percebe essas dificuldades conforme assiste ao anime, tamanha a qualidade de sua animação. Uma prova de que mesmo a mais desesperadora das produções ainda pode entregar algo absolutamente excepcional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s