Uma Rápida Review – Watashi no Coffe Samurai: Jihanki-teki na Kareshi


Texto originalmente publicado na página do blog no facebook, em 10/12/17


E agora, um filme… diferente… pra dizer o mínimo. Um curta coreano (eu acho…) sobre um samurai que, ao ser derrotado em combate, deseja ter um corpo de metal… e eras depois ele reencarna como uma máquina de vender café.

Detalhe é que ele pode ainda assumir uma forma humana por um curto período de tempo, e com isso vemos que a sua luta continua: toda noite ele segue a sua luta contra os seus inimigos de outrora, que continuam a aparecer agora no mundo moderno.

Eis, porém, que um dia ele acaba voltando à forma de máquina bem enquanto uma garota se aproximava. Bêbada, ela vê a máquina de café no meio da rua e resolve fazer a única coisa sensata possível: levar a máquina para casa e colocar na sua cama, é lógico!

Dai em diante, um singelo romance irá surgir entre a garota e o antigo samurai, agora máquina de café. E deixem-me dizer isso: eu absolutamente ADOREI esse filminho!

Sim, ele é absurdo, por completo. Mas vai… Tem uma cena perto do clímax na qual a garota é raptada por URSOS POLARES, e quando o samurai pergunta como ela está ela responde algo na linha de “é mais fofinho do que eu imaginei”. Se isso não é um atestado de auto-consciência, eu não sei o que é kkkk

É uma premissa ridícula, e o filme sabe disso MUITO bem, e parece determinado a constantemente adicionar algo ainda mais bizarro conforme a coisa avança. E sabem o que é o mais bizarro em tudo isso? É que esse curta não é uma comédia.

Pois é! Tudo nele é até que bastante dramático. O visual é surpreendentemente sóbrio, ao menos no caso dos cenários. O tom do filme é muito mais puxado para o drama. Mesmo a trilha sonora varia do épico de ação ao silêncio do melodrama. E sabem… Funciona.

O filme É fofo, e o romance entre o samurai e a garota é até que bem gostoso de ver. Eles têm uma boa química, e não da pra não torcer para eles ficarem juntos. E nisso você tem esse bizarro contraste entre o tom mais dramático e uma história que só pode ser descrita como absurda.

Quem não conhece ainda, eu altamente recomendo que dê uma chance a esse filminho. São apenas 30 minutos que, certamente, irão em muito alegrar o seu dia.

Ficha Técnica:

Nome: Watashi no Coffee Samurai: Jihanki-teki na Kareshi
Ano: 2009
Estúdio: —
Adaptação: obra original
Diretor: Jang Hyun Yoon*

*Ok, isso é meio complicado. Nem o My Anime List nem o Anime News Network fornece o nome do/a diretor/a, de forma que eu só fui encontrar no site oficial do filme, em japonês. E apertando o “traduzir para o português”, o google me deu TRÊS romanizações diferentes para o nome: Jae Hyun Yoon, Jang Hyun Young e Jang · Hyun Yoon. Em katakana, está チャン・ヒュンユン , algo na linha de Chyan Hyunyun.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s