Uma Rápida Review – Shoujo Kakumei Utena: Adolescence Mokushiroku

Review originalmente publicada na página do blog no facebook, em 12/03/2017

Ta, esse aqui vai exigir um pequeno “prefácio”. Sendo direto: eu assisti o anime de Utena (Shoujo Kakumei Utena) e não gostei. Isso é algo que eu já comentei na minha lista de animes aclamados que eu não gostei, e sendo bem sincero eu considero o anime de utena genuinamente RUIM. Por que, então, ver o filme?

Bom, meus dois maiores problemas com o anime foi a quantia absurda de eventos inconsequentes (“fillers” no sentido mais puro da palavra: diversos episódios foram completamente inúteis para literalmente qualquer coisa que seja) e o mal desenvolvimento do relacionamento entre Utena e Himemiya (que soa forçado no melhor dos casos, ao menos no começo da série).

Por que, então, assistir o filme? Bom, eu sabia que o filme não continua a história do anime, mas sim é um reboot do mesmo. Uma obra apenas vagamente embasada na premissa original da série. Por conta disso, ele no mínimo tinha potencial para sanar esses problemas. Menos tempo significa um maior foco na história e menos fillers. Se também implicaria em um melhor relacionamento entre as duas protagonistas só vendo pra ver, mas ao menos o potencial estava ali.

Então, depois de assistir o filme, o que eu achei? Ele é melhor do que o anime que o originou? Bom… Vou resumir minha opinião em dois comentários:

1) O QUE DIABOS EU ACABEI DE ASSISTIR???!!!

2) ADOREI ‘u’

kkkkkk Mas em toda seriedade, foi um ÓTIMO filme. Mas também um extremamente bizarro. Mas tudo bem, porque a bizarrice é justamente a melhor parte de Utena. É quando o a obra taca a lógica pela janela e se torna pura alegoria visual que ele é mais divertido de assistir, e esse filme faz isso desde o começo. O visual aqui é FENOMENAL, e não digo isso apenas da movimentação das personagens. O cenário é fantástico, com coisas se movendo o tempo todo e tals. É um mundo absurdo, mas justamente por isso tão fascinante de se ver.

Os personagens são também bem mais interessantes que no anime. Infelizmente, pelo curto tempo, muitos deles não receberam lá muita atenção. Miki foi 100% escanteado, o que eu achei um pequeno problema. Houve certa construção em cima do personagem, e o quão pouco ele foi usado foi bem decepcionante. Mas é um problema em meio a um filme que, de forma geral, consegue ser uma experiência sensacional. E SIM, o relacionamento da Utena com Anty aqui é MUITO melhor.

Tematicamente, sobre o que é a obra já está literalmente em seu título: adolescência. De uma forma altamente alegórica, é claro. Mas também sem vergonha de tratar de temas bem pesados. E eu digo bem pesados MESMO. A camada de alegoria evita um imagético muito forte, mas quando vc considera o que efetivamente acontece… olha, minha nossa.

Infelizmente, para muitos o filme pode acabar parecendo puramente pretensioso, justamente pela camada alegórica e por lidar com os temas que lida. Ou, sei lá, pelas vezes que coloca as personagens nuas claramente com intenções puramente artísticas (e não de fanservice). Mas se você gosta desse tipo de história, que vale sobretudo pelo visual e pelas interpretações que se pode dar a esse visual, esse filme definitivamente vale a pena. Eu que não gosto do anime adorei o filme, então fica ai a recomendação.

Ficha técnica:

Nome: Shoujo Kakumei Utena: Adolescence Mokushiroku
Ano: 1999
Estúdio: J. C. Staff
Adaptação: Mangá homônimo
Direção: Kunihiko Ikuhara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s