Lista – 5 Fantásticas Insert Songs dos Animes

Muito se fala sobre músicas de abertura, e com um pouco menos de frequência também ouvimos falar sobre alguns bons encerramentos. Raramente, porém, as insert songs de um anime recebem o reconhecimento que merecem. O que é uma pena, dado quantas fantásticas insert songs podemos encontrar nessa mídia. Sendo assim, eu decidi começar aqui no blog o que eu espero que vá se tornar um tipo recorrente de lista, muito na linha do que já temos com as listas de recomendação de músicas de vocaloid: uma para comentar algumas dessas ótimas insert songs dos animes.

Abaixo, o leitor confere cinco menções do tipo, músicas vindas de cinco animes que eu também altamente recomendo (bom, a maioria). Valem, porém, os avisos de sempre: isto é uma lista, e não um top. Não quero dizer que estas cinco sejam as melhores que existem, muito menos quero implicar que aquelas mais adiante na lista são melhores do que as que precedem. Acima de tudo, são apenas cinco músicas que eu achei que valia a pena compartilhar com vocês – e mais virão no futuro. E sendo assim, coloquem os fones de ouvido, sentem-se confortavelmente na cadeira, e vamos então à lista /o/

5) J. A. Seazer, Zettai Umei Mokushiroku (de Shoujo Kakumei Utena)

Shoujo Kakumei Utena

Enquanto eu tenho as minhas críticas ao anime Shoujo Kakumei Utena, um aspecto dele que eu adorei logo de cara foi a sua trilha sonora, uma recheada de composições que muito fazem em termos de dar o tom “épico” da história. E muito possivelmente música mais icônica do anime, excetuando-se apenas a sua abertura, é Zettai Umei Mokushiroku, composta por J. A. Seazer (nome artístico de Terahara Takaaki).

A música toca cada vez que Utena precisa subir a gigantesca escada em espiral que leva até a arena de duelos, onde ela precisará enfrentar um desafiante que busca a mão da Noiva das Rosas, Himemiya Anthy, por ser dito que aquele que a possuir ganhará o poder de trazer a revolução ao mundo. É uma música feita para criar um clima de tensão, e executa isso muito bem: subir escadas nunca foi tão badass.

Em se tratando de sua letra, Zettai Umei Mokushiroku é uma música tão enigmática quanto o anime ao qual pertence. Seu título se traduz por algo como “Destino Absoluto: Apocalipse”, e essa frase também faz o corus da música. O restante da letra segue numa sequência de alegorias para nascimento e morte, conceitos que não deixam de se ligar aos temas do anime. Uma ótima música para um bom título.

4) Makino Yui, Yokogao (de Aria the Origination)

Aria the Origination

Como um todo, a série Aria [review] possui uma boa coleção de excelentes insert songs espalhadas ao longo de suas três temporadas: the Animation, the Natual, e the Origination. Para esta entrada, contudo, eu decidi selecionar a minha favorita: Yokogao, interpretada pela cantora Makino Yui. Uma canção que, a meu ver, perfeitamente descreve a própria experiência que é Aria – algo que inclusive cheguei a comentar na minha review da série.

Em seu refrão, ouvimos: “se um dia vier visitar esse lugar, venha de braços abertos / o céu azul e o céu estrelado o receberão, com certeza”. A música toca no último episódio do anime, numa belíssima cena na qual, metaforicamente, nos despedimos dessa história. Ficam, porém, as lembranças, sobretudo aquelas do quão acolhedora é a cidade de Neo Venezia. Há um bom motivo pelo qual muitos consideram Aria o melhor iyashikei.

Além da letra, seu ritmo é também um bonito reflexo do anime ao qual pertence. É uma música animadora, ainda que não excessivamente. Há um tom de melancolia ao fundo, que bem combina com a cena na qual ela aparece, mas é o de uma melancolia agridoce, de um belo momento que chega então ao seu final. É uma canção que nunca falha em me acalmar, e uma que ainda devo escutar muitas vezes mais.

3) Aimee Blackschleger, The Secret of My Life (de Kyousougiga)

Kyousougiga

Kyousougiga [review] é uma dessas pérolas escondidas sobre a qual pouco se fala aqui no Brasil. O que é uma pena, dado que eu facilmente colocaria esse anime como uma das melhores coisas que a Toei Animation já produziu. A “história de uma família”, nos conta o narrador, “uma história de amor e ressurreição”. E se tem uma música que muito bem captura esse espírito, esta certamente é a insert song The Secret of My Life.

Composta por Go Shiina, e interpretada por Aimee Blackschleger, essa é uma música sobre impermanência. “Este é o segredo da minha vida: aprenda a amar e sempre busque pelo que é certo/ e aprenda que tudo muda, algumas flores morrem enquanto outras crescem / alguns presentes são apenas vistos, não tocados / há muitas coisas que ainda desconheço”. Tematicamente uma música que muito se liga ao que é Kyousougiga.

A cena na qual ela toca é também uma das mais bonitas do anime, embora eu não possa falar dela sem entrar em spoilers pesados da série – ela vem, afinal, no nono episódio de um anime de apenas dez no total. E o fato da música ser em inglês é no mínimo um dado curioso, incomum como isso é nos animes. Mas seja como for, fica aqui o meu pequeno elogio: à música, e também a esse fantástico anime.

2) Kevin Penkin, Hanezeve Caradhina (de Made in Abyss)

Made in Abyss

Made in Abyss foi um dos animes mais criticamente aclamados de 2017, e não sem motivo. Visualmente, ele foi um espetáculo como nenhum outro em sua temporada, com cenários simplesmente belíssimos e uma animação bastante fluida. Seus personagens se mostraram cativantes já de início, e mais cativante ainda foi o seu cenário: uma ilha com um gigantesco, perigoso e misterioso abismo em seu centro.

Hanezeve Caradhina é uma canção que lindamente captura essa sensação de perigo e desolação, mas também de solenidade e curiosidade, que o abismo nos causa, e não a toa a ouvimos logo no primeiro episódio, conforme a protagonista Riko, carregando o robô Reg consigo, sobe o primeiro nível do abismo de volta à superfície. Uma cena que por si só fez um trabalho mais que competente de prender a atenção do espectador.

Composta pelo australiano Kevin Penkin, um detalhe interessante da música é que sua letra foi escrita em uma língua inventada. É isso que faz ela soar tão distinta, e em boa parte é o que instiga os sentimentos de solenidade e curiosidade que descrevi. Uma bela representação do que é o abismo, e uma música à qual voltamos pelos mesmos sentimentos que levam nossos protagonistas a embarcar na sua perigosa jornada.

1) Saya, Sora wo Miagete (de Sora Yori Mo Tooi Basho)

Sora Yori Mo Tooi Basho

E de um dos animes mais criticamente aclamados de 2017, passamos agora para um dos mais criticamente aclamados de 2018: Sora Yori Mo Tooi Basho, a história de quatro garotas do ensino médio indo para a Antártida. Um drama muito bem executado, que é também recheado de excelentes insert songs. A que escolhi para essa lista, porém, fica como uma das mais icônicas – ou no mínimo como a toca em uma das cenas mais icônicas do anime.

A cena em questão vem no episódio 2, quando, por motivos que prefiro não contar, temos três de nossas quatro protagonistas correndo pela cidade. Sorrindo, Kimari diz que sente como se sua juventude finalmente estivesse em movimento: e nisso temos resumidos os temas e mensagens do anime, uma história sobre seguir adiante por mais difícil que o futuro possa parecer.

Sora wo Miagete, cantada por Saya, é uma música que perfeitamente reflete esse tema, enfatizando a importância de se seguir em frente por difícil que as coisas possam parecer. A Antártida, nesse anime, é de certa forma um símbolo, do imenso desconhecido que se estende em direção ao futuro. O passo em direção à Antártida que as garotas dão é também um passo em direção ao futuro de cada uma. E um convite para que façamos o mesmo.

E você, leitor, que achou dessa seleção? E quais mais você adicionaria? Sinta-se a vontade para descer um pouco mais a página e deixar um comentário com a sua opinião.

Visitem:

Reddit

YouTube

Twitter

Facebook

Imagens (na ordem em que aparecem):

1 – Sora Yori Mo Tooi Basho, episódio 2

2 – Shoujo Kakumei Utena, episódio 1

3 – Aria the Origination, episódio 13

4 – Kyousougiga, episódio 9

5 – Made in Abyss, episódio 1

6 – Sora Yori Mo Tooi Basho, episódio 2

4 comentários sobre “Lista – 5 Fantásticas Insert Songs dos Animes

  1. Ótima seleção! Não conhecia as três primeiras, mas a do Made in Abyss me dá até calafrios, assim como toda a trilha sonora fenomenal do anime. A parte dos calafrios vale para a primeira colocada também, não só pela música em si, mas pela maneira sensível que você a descreveu, que demonstra perfeitamente o conteúdo dessa obra fantástica e com um valor pessoal enorme pra mim que é Sora Yori mo Tooi Basho.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s