Lista – 10 Musicas de Vocaloid que Valem a Pena Ouvir (Parte 5)

Bom… faz tempo que eu não faço uma lista dessas (a última foi, tipo, setembro de 2016 O_O). É, eu fiz algumas listas de vocaloids nesse meio tempo (duas, pra ser mais preciso…), mas esse quadro em específico anda bastante abandonado. Oh bem, hora de remediar isso /o/ Pois é, de volta estou com mais dez músicas de vocaloid para comentar. Se você não viu as partes anteriores, todas podem ser encontradas na aba “Listas“. Não que seja necessário ver as listas anteriores, é óbvio, mas para quem quiser mais, elas estão ali.

Como sempre, eu deixo aqui os avisos usuais. Primeiro: trata-se de uma lista, não de um top. As dez músicas aqui listas de forma alguma são as “melhores” em qualquer categoria, mas sim apenas dez músicas que eu pessoalmente gosto. Muitas delas estão disponíveis nos canais no YouTube de seus criadores, então não deixem de clicar nos links para dar algumas visualizações a eles. Finalmente, todas as citações aqui apresentadas são traduções minhas da tradução para o inglês das músicas, tal como consta na Vocaloid Lyrics Wiki

Mas antes de passar para a lista, um comentário temático. Vejam, olhando para as listas passadas, eu quase sempre enfatizei músicas que trouxessem alguma reflexão ou que contassem alguma história. Nesta lista, porém, eu quero expor um pouco o lado mais… “upbeat” dos vocaloids. Se estiver tendo um mal dia, aqui algumas músicas que talvez alegrem um pouquinho (ou não…). Coloquem os fones de ouvido, sentem-se confortavelmente na cadeira e vamos com isso. Aqui estão dez músicas de vocaloid que valem a pena ouvir: wholesome edition.

10) Vários – Sakkyokusuru nara Ima no Uchi!

Sakkyokusuru nara Ima no Uchi!

Verdade seja dita: praticamente toda música do producer Lamaze-P seria capaz de trazer um sorriso ao rosto de qualquer pessoa. Se mais nada, o visual chibi das vocaloids em muitos seus vídeos as torna simplesmente adoráveis. Dito isso, Sakkyokusuru nara Ima no Uchi! é possivelmente um de seus melhores trabalhos, e um que nunca falha em fazer sorrir.

Sobre o que é o vídeo? Seis garotas fofinhas te encorajando. E meio que é isso… Lançado em dezembro de 2015, temos aqui GUMI, Zunko, Yukari, Miku, Sasara e Maki bancando a “esposa ideal”, iniciando a música com a sequência “Quer jantar? / Talvez um banho? / Ou talvez devêssemos…” e ai a letra completa com “fazer uma música” ao invés do que seria o complemento “ideal” (que eu deixo para o leitor refletir sobre qual seria).

Frases como “a grande lenda começa agora / é a sua própria e original grande descoberta”, “não há nada de errado com a teoria / mas ‘de acordo com o plano’ é apenas chato” e “você não pode desistir” servem como as palavras de encorajamento que as seis cantam para o espectador. Bobinho, sim, mas de certa forma é também ai que está o seu charme (bom, nisso e no seu ritmo vibrante [rs]).

09) GUMI – Osanana Blue

Osanana Blue

“Se desta colina você olhar céu conforme o sol se põe durante 51 dias, o seu amor será correspondido”. Assim começa Osanana Blue, lançada em abril de 2013 com música e letra por Last Note, instrumentais por Machiya (guitarra) e Mao (baixo), ilustrações por Hechima, vídeo por Ke-sanβ, e logo por Cao, nos trazendo aqui uma bonitinha história de amor.

Aqui, GUMI empresta sua voz a uma estudante que percebe estar apaixonada por seu amigo de infância, e que dia após dia olha o céu a partir daquela colina, declarando: “juntando esses fragmentos de coragem ao longo de 51 dias, por favor, permita aos meus sentimentos alcançarem o céu”. E ao final do 51º dia, conforme o sol se põe, a garota em fim se confessa – muito para a surpresa do (ligeiramente) denso amigo de infância.

Não tem realmente muito o que se falar a respeito desta música. O instrumental é gostoso de escutar, a manipulação da GUMI é certamente muito boa, o visual geral do vídeo é bem agradável… Há muitas qualidades positivas, no fim o que realmente mais importa é como a música consegue construir bem seus dois únicos personagens a fim de nos entregar um final que é, ao menos na minha opinião, bastante heartwarming.

08) Yuzuki Yukari – Jisatsu Yobou Usagi

Jisatsu Yobou Usagi

“Eu olhei para baixo, e enganei os coelhos de olhos vermelhos dizendo que esta enorme vontade de morrer era na verdade um desejo de viver”. Ta, não exatamente um começo que eu descreveria como wholesome, eu admito. E apesar de um imagético bastante infantil, Jisatsu Yobou Usagi é uma música até que bastante pesada em seus temas e em sua abordagem.

A música é de março de 2015, contando com letra e música de KomiyachanP, ilustrações de Efu e vídeo por 鴫野エイカー (e eu não tenho a menor ideia de como se romaniza isso…). E assim… já viram aquele quase meme de que as pessoas mais gentis são também as mais emocionalmente quebradas? A protagonista dessa música é meio que isso ai, levando a cabo toda sorte de medidas anti-suicídio enquanto ela própria deseja morrer.

Sua estrofe final, porém, é o que me fez colocar a música aqui. “Eu tentei cantar uma música para nos ajudar a continuar vivendo / Duvido que poderei dizer que há qualquer sentido nela / Mas se puder ajudar a dar a alguém um pequeno empurrão para continuar seguindo em frente / Então talvez seja aquilo que poderia salvar uma vida…” É uma música mais “dark” que as demais desta lista, mas acho que ainda merece estar aqui.

07) Cyber Diva – RISE

RISE

E aqui temos uma música um pouco mais tradicionalmente upbeat, por assim dizer. Lançada em junho de 2017 por Athena Z, RISE é cantada pela vocaloid Cyber Diva, uma desenvolvida justamente para cantar em inglês. Aqui, a vocaloid oferece alguma palavras de incentivo para quem se sentir “maltratado e abusado”, convidando-o a se erguer e “mostrar a eles qual o seu valor”.

Não tem realmente muito o que adicionar aqui: é uma letra bem… genérica. Não realmente num mal sentido, só que ela é bastante direta em sua mensagem. Se está se sentindo mal, se há aqueles que duvidam de você, se há aqueles que o colocam para baixo, persista, recomponha-se e siga em frente. “Não precisa ser assim / Quem controla seu destino / Estava aqui o tempo todo”.

alguns trechos mais “inspirados”, mas como eu disse, no geral não há muito o que comentar, ainda que nem por isso seja uma música ruim. Para todos os efeitos é uma boa mensagem a se passar, e uma que talvez ressoe com algumas pessoas. De minha parte, porém, eu gosto bem mais é da “batida” da música, bem como da manipulação da Cyber Diva. É uma música bem gostosa de ouvir.

06) Kagamines Len e Rin – Nakimushi Yumemibito

Nakimushi Yumemibito

“Tudo bem chorar, ao menos por hoje / Você é um chorão sonhador”. Eu sei que já usei esse recurso de começar citando o trecho inicial da música umas três vezes nessa lista, mas mais uma vez é um trecho inicial que perfeitamente captura o espírito da canção. Algumas vezes precisamos chorar. E sabem, algumas vezes precisamos ouvir que tudo bem chorar.

A vida pode ser… frustrante. Cansativa. E nossos planos e projetos nem sempre darão certo. “Não existe algo como um caminho sem arrependimentos”, aponta a canção. Ainda assim, ao final “quer eu grite meus arrependimentos, quer eu pergunte se devia parar / bom, no final eu não vou desistir / Eu descobri isso por mim mesmo”. Chorar faz bem, diz o ditado, e após isso só nos resta levantar e tentar novamente.

Nakimushi Yumemibito foi lançada em outubro de 2014, com letra de Minaminm, música, arranjo e vídeo de Ann-MeltsP, ilustrações por Utaori e masterização por Signal-P. E devo dizer, letra de lado, é uma canção bem gostosa de ouvir. O instrumental dá muito bem o tom da música, e a manipulação dos Kagamines é certamente muito boa. Um boa pedida para quando estiver um pouco pra baixo.

05) Kagamine Rin – Omedetou

Omedetou

E temos aqui aquela que é a música mais antiga desta lista, lançada em dezembro de 2008. Uma produção de Travolta-P cantada pela Kagamine Rin, Omedetou é, essencialmente, uma celebração do agora. “Mesmo em dias que parecem tão mundanos / alguém está vivendo um dia especial. / E neste precioso momento, eu estou aqui”. “A todos os momentos felizes do mundo: / parabéns, parabéns”.

É outra música à qual eu não realmente vou ter muito o que adicionar: mais direta do que ela, impossível. Mas é certamente uma música bonita, um lembrete de que não importa o quão ruim as coisas possam parecer, em algum lugar há sempre um pouco de felicidade. “Por este maravilhoso, maravilhoso / instante chamado ‘agora’ ao redor do mundo: / parabéns, parabéns”.

O trecho final é especialmente tocante, então vou apenas deixá-lo aqui como finalização desta entrada: “neste imparável e interminável / fluir do tempo, estamos aqui por acaso. / Nossas alegrias, compartilhamos. / Nossas tristezas, compartilhamos. / Parabéns a todos vocês que nasceram. / E obrigada por este dia, hoje”. Pessoalmente falando: uma das minhas músicas favoritas da Rin, mesmo com seus quase dez anos.

04) Kagamine Len – Hatenaki Omoi o Tokihanate (Here Comes the Sun)

Hatenaki Omoi o Tokihanate (Here Comes the Sun)

Hatenaki Omoi o Tokihanate (Here Comes the Sun) bem poderia ser abertura de algum battle shounen, algo que fica claro desde a sua batida inicial. É uma música energética, fácil de imaginar alguns personagens correndo ao fundo enquanto ela toca [rs]. Lançada em janeiro de 2013, temos aqui letra e música de Musuba-P, edição do vocal por Orebanana, e ilustração por Hekicha.

“Libere seus inesgotáveis sentimentos / em direção ao distante futuro / Um dia, com seus braços / agarre esse sonho” (sério, digam se não parece algo que você ouviria em uma abertura de battle shounen [rs]). A mensagem aqui é clara: siga em direção ao futuro e não pare até alcançá-lo! É simples, mas ao mesmo tempo o instrumental e a voz do Len entregam tanta “energia” que é impossível não gostar.

Mais uma vez, porém, eu fico sem lá muito o que escrever aqui (é, já está ficando repetitivo…). Então, de novo, acho que vou deixar a música falar por si mesma: “Libere seus inesgotáveis sentimentos / mesmo que você não consiga ver o caminho a frente / um dia, com nossos dedos / devemos ser capazes de tocar uns aos outros com gentileza” E com isso vamos para a próxima entrada.

03 Hatsune Miku – Viva Happy

Viva Happy

Lançada em julho de 2013, Viva Happy conta com letra e música por Mitchie M, direção e animação de personagem por Cort, e composição por TOHRU MiTSUHASHi. E aqui não apenas temos uma ótima manipulação do vocal da Hatsune Miku, como também vemos um excelente uso do programa Miku Miku Dance (MMD), usado para compor a energética animação da personagem.

Pulando de um lado a outro, Miku repete a mensagem que já aparece no próprio título da música: “Viva Viva Happy”. “Se você se amar do jeito que é, tudo se torna ‘que será será‘ / Eu entrego esta música a você que está sozinho neste momento”. É, como a própria canção reconhece ao seu final, “o mundo não é assim tão fácil”. Ainda assim, a conclusão é uma só palavra: “Viva!”

Não é exatamente a mais coerente das letras de músicas que eu já vi, e para ser sincero em alguns momentos ela quase parece uma sequência de frases de efeito pouco ou nada conectadas entre si. Mas tudo bem: o forte da música está claramente na sua apresentação repleta de energia e cores vibrantes, que por si mesma já seria mais que capaz de botar um sorriso no rosto de qualquer um.

02) Hatsune Miku – Bokura wa Minna Imi Fumei

Bokura wa Minna Imi Fumei

Nada nessa vida faz sentido! E sabem… tudo bem. “Para que vivemos? Para que nos esforçamos? / Talvez não haja nada, nada, nada. Talvez tudo seja inútil / Em mil anos não restará nada / Mas eu espero ainda poder seguir sorrindo com você”. Assim proclama Bokura wa Minna Imi Fumei, lançada em abril de 2017 com letra e música por Pinocchio-P e vídeo por Yuma Saito.

“Pelo que amamos? Pelo que nossos corações batem? / Talvez não haja nada, nada, nada. Talvez tudo seja uma mentira / Eu nem tenho certeza de quanto dá 1 + 1 / Mas ainda assim, eu quero seguir protegendo você / Porque ninguém faz sentido”. Em um mundo de incertezas, onde nada parece ter um sentido ou um significado claro, podemos apenas seguir em frente.

“Ainda prendemos nossa respiração ao passar por um túnel / Ainda fazemos tsuru / Ainda tocamos as patas de nossos bichos de estimação / Ainda pisamos nas listras brancas da faixa de pedestre”. Francamente falando, Pinocchio-P fica como um dos meus produces favoritos, sempre entregando uma excelente manipulação da Miku, vídeos muito bem editados e, é claro, letras divertidas tanto quanto provocativas.

01) Hatsune Miku – Kimi ga Ikite Nakute Yokatta

Kimi ga Ikite Nakute Yokatta

“Você tem uma voz estranha e uma aparência curiosa, então / algumas vezes você foi chamada de desagradável / Mas porque seu coração não está batendo / seus sentimentos não foram feridos”. Sabem… eu tenho um pequeno fraco por músicas mais “meta”. Kimi ga Ikite Nakute Yokatta, lançada em agosto de 2017, é mais uma produção do Pinocchio-P, novamente com vídeo e ilustração por Yuma Saito.

A música foi lançada em comemoração aos dez anos da Hatsune Miku, e a seu modo é uma música que explora justamente o que torna os vocaloids uma mídia tão fascinante. “Amor incondicional e paixão efêmera / Do seu ponto de vista não passam de códigos”. Sem vida como são esses programas, é justamente por isso que eles podem dar voz àqueles que os usam.

Pensar que em dez anos a força da Miku apenas cresceu, juntamente de toda a comunidade que se criou em torno dela e de outros vocaloids, é talvez a maior demonstração possível do potencial dessa mídia. Do bobo ao emocional, da alegria à tristeza, do desespero à esperança, através destes seres sem vida os mais variados sentimentos podem aflorar. Como diz a música: “Sempre, sempre / fico feliz que você seja sem vida / hoje também”.

E você, leitor, encontrou na lista alguma música que goste? Adicionaria alguma? Sinta-se a vontade para descer um pouco mais a página e deixar um comentário com a sua opinião.

Redes sociais do blog:

Facebook

Twitter

YouTube

Imagens (na ordem em que aparecem):

1 – Pinocchio-P, ft. Hatsune Miku – Kimi ga Ikite Nakute Yokatta

2 – Lamaze-P, ft. Vocaloid – Sakkyokusuru nara Ima no Uchi!

3 – Last Note, ft. GUMI – Osanana Blue

4 – KomiyachanP, ft. Yuzuki Yukari – Jisatsu Yobou Usagi

5 – Athena Z, ft. Cyber Diva – RISE

6 – Minaminm, ft. Kagamines Len e Rin – Nakimushi Yumemibito

7 – Travolta-P, ft. Kagamine Rin – Omedetou

8 – Musuba-P, ft. Kagamine Len – Hatenaki Omoi o Tokihanate (Here Comes the Sun)

9 – Mitchie M, ft. Hatsune Miku – Viva Happy

10 – Pinocchio-P, ft. Hatsune Miku – Bokura wa Minna Imi Fumei

11 – Pinocchio-P, ft. Hatsune Miku – Kimi ga Ikite Nakute Yokatta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s